sábado, dezembro 16, 2006

Minha primeira árvore de Natal

Minha primeira árvore de Natal... Minha "minha" (não "nossa"... dos tempos em que eu morava junto com meus pais e meus irmãos...) eu ganhei na semana passada. Dá pra acreditar?

Eu nunca fui muito entusiasta de montar árvores desde que passei a morar sozinha. Nunca pensei sobre o assunto. Mas agora o fiz, fui obrigada a pensar o porquê. Quando era criança, eu adorava ajudar meu pai a montar nossa árvore, sempre com pisca-pisca colorido. Terminada a montagem, ele sempre apagava as luzes da casa para nos mostrar o resultado. Era um entusiasmo! Nosso Natal era simples, sem pompas e nem circunstâncias, apenas um panetone, um jantar caprichado, mas nada de Missas do Galo e nem varar madrugadas acordados. Quando passei a morar sozinha, não sei por qual razão, eu nunca me interessei em adquirir um exemplar de árvore natalina. Primeiro, por falta de espaço, pois sempre morei em cubículos, apertamentos, edículas... em que uma árvore no ambiente tomaria o meu espaço e teríamos uma batalha interna... ou eu ou a árvore... Depois, há a questão tempo e disposição. A coisa de montar e desmontar... pensar nos enfeites... ai, que preguicinha... E, por fim, e talvez o motivo "peso 2" é a memória sentimental ligada ao ato de montar a árvore de Natal, que não é a mesma se eu a fizer sozinha. Não há a mesma alegria e comunhão que havia quando papai montava e todos nós ficávamos em torno a olhar... Isso ia fazer falta. Então, não repetir isso pra não sentir falta do resto seria até uma auto-defesa... sei lá... mil coisas...
Na semana passada, na segunda-feira, eu recebi uma caixa de presentes chegada de muito longe... de um grande amigo de alma e de espírito. A caixa era bem grande. Pensei: o que será que ganhei? Suspense. Ao abrir a tampa, jornais saltavam embolados, e dentro, bem-protegido, chegou ela... a minha primeira árvore de Natal só minha! Ela é linda, mede uns 40cm de altura. Chegou cheia de bolinhas douradas e vermelhas. E já veio montada! Oh! Que incrível! Coloquei-a sobre a estante do computador, então enquanto eu digito, estou olhando pra ela, e suas bolinhas ficam balançando o tempo todo, como se elas estivessem respirando o tempo todo...

Desde que a árvore chegou, eu olho pra ela várias vezes ao dia. Está bonita e traz uma sensação de aconchego. Até parece que o meu cubículo é mesmo um lar de verdade! Sob a árvore, convoquei meus mini-bichinhos de pelúcias, e vieram todos: meus dois mini-pandas, meu mini-cachorrinho, meu mini-mico e meu mini-esquilo. Todos estão passando as férias sob a minha árvore.

Aaaaaaiiii.... até suspiro... não sei explicar melhor. Estou tão feliz! Como consegui ficar tantos anos sem uma árvore de Natal minha? Só minha?

3 Comentários:

Anonymous DJ André disse...

A felicidade está nas coisas simples, não?
x)
Boas Festas, e felicidade sempre!

20/12/06 15:53  
Blogger Victor disse...

Feliz natal ho ho ho!

21/12/06 14:52  
Blogger Betty Nishi disse...

DJ André: sim... está nas coisas simples. Ai... que felicidade! E obrigada!

Vic: o que seria do meu natal se não fosse vc e suas idéias?? Muito obrigada pela árvore linda... a MINHA própria árvore de Natal!

beijos!

22/12/06 03:51  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial